5 Desafios para o Crescimento dos Negócios

Publicidade

 

Publicidade

O empreendedorismo parece uma receita mágica. Tira as pessoas do desemprego, abre novas oportunidades para lançar ideias no mercado, diferencia-se e cria riqueza (e, portanto, emprego). Não há instituição que se preze que não queira promover o empreendedorismo. Isso é importante muito importante.

 Que muitas pessoas estejam procurando uma oportunidade para criar um negócio significa pensar em como resolver um problema. Porque se os problemas não forem resolvidos, ou alguém não oferecer algo pelo qual esteja disposto a pagar, não haverá negócios por muito tempo.

Em vez disso, talvez nos concentremos exclusivamente em CRIAR novas empresas e não tanto em fazê-las CRESCER. Aqui os dados são cada vez mais avassaladores. Para empreender nem tudo vale, dissemos uma vez. Mas hoje, eu queria focar em outro aspecto complementar. Suponha que empresas jovens possam representar até 20% do emprego (estudo realizado para os Estados Unidos). Nesse caso,

Publicidade

 as empresas jovens que crescem entre os anos 5 e 10 podem ser responsáveis ​​por 50% da criação de novos empregos (há países na Europa onde esse percentual é ainda maior). Uma empresa que cresce, consegue alcançar mais clientes em mais mercados e que melhora continuamente seus resultados é uma bomba de geração de empregos. É uma bomba de busca incansável por melhorias -em produto e processos-, e de permanecer eternamente diferente.

Para mim, existem cinco problemas fundamentais -ou desafios- que uma empresa enfrenta ao gerenciar seu crescimento, justamente no momento em que há um grande impacto em termos de emprego, investimentos e possibilidades de geração de riqueza. Esses problemas ou desafios são os seguintes:

1- Crescer não é GRATUITO

Crescer implica vender mais e garantir que essas vendas gerem mais – o que seria o ideal – pelo menos o mesmo valor agregado. Porque vender mais implica investir mais – máquinas, equipamentos, tecnologia – e gastar mais – principalmente em pessoas, marketing ou simplesmente na organização interna. Se as vendas não crescerem mais do que proporcionalmente às despesas – o que é conhecido como ‘scaling’ – o crescimento pode causar problemas. Que? De liquidez . Por algum tempo, deve-se supor que vender implica gastar e investir mais recursos e que o crescimento deve ser financiado.
Não é fácil desembarcar em um novo mercado em que ninguém compra de você, e eles fazem isso de um dia para o outro sem alocar um único euro. E não é fácil gerenciar mais volume de atividade com a mesma equipe de pessoas. O crescimento traz novos problemas que devem ser estimados, antecipados e, acima de tudo, 
encontrar formas de não romper a caixa. Assumir que crescer é de graça é uma grande ilusão. Mesmo as empresas com foco 100% na Internet não podem fazer isso. Se isso acontecer, estaríamos diante da galinha dos ovos de ouro, mas tenho visto poucos, o que não quer dizer que não existam. Você também pode gostar de ler – ICICI Bank Personal Loan Kaise Le

2- Crescer requer muito talento bem administrado e incentivado

Os primórdios das empresas costumam ser mais ou menos os mesmos, as pessoas fundadoras que as compõem. Normalmente, ou assim é o ideal, formar uma equipe com habilidades diferentes. E é que se todos fizerem o mesmo, a dura realidade mostra que é mais difícil crescer e sobreviver. Mas se você começar a crescer, tem que investir, principalmente nas pessoas.
E aqui começa um dos maiores desafios para as empresas jovens: a contratação de talentos pode envolver um desembolso de recursos muito importante – que normalmente não se tem. Incorporar pessoas de alto nível com orçamentos de terceiro nível é sempre complexo. Mas, por outro lado, se as pessoas que se inscreverem forem as certas – e aqui há muitas reflexões – as possibilidades de crescer, melhorar e alcançar resultados extraordinários podem ser uma realidade.
 Urgentes são os fiscais e comerciais que proporcionam remuneração em espécie – na forma de ações ou similares – para ter equipes motivadas e fortes incentivos para dar o melhor de si e fazer uma empresa crescer – especialmente quando é muito jovem, menos de 5 anos de vida.

3- Crescer requer capital, e a dívida pode ser muito perigosa

Como o crescimento não é gratuito, é necessária uma consultoria financeira adequada para financiar o crescimento. Se o plano de negócios morreu, especialmente nos estágios iniciais da vida de uma empresa, ele ainda está vivo no caso de crescimento e é muito importante. 
Mas um plano de negócios não é uma linha reta previsível. Não se pode presumir que ter um plano de negócios significa eliminar riscos, muito menos incertezas; O que nos leva ao próximo ponto.

4- Crescer requer gerenciar riscos e mitigar incertezas

O risco pode ser gerenciado e, embora seja mais difícil, a incerteza também. O risco é uma medida que nos permite saber se o caminho que traçamos é mais ou menos provável. Ao fazer isso, chegaremos a este site? Normalmente existe um risco associado porque normalmente (quase) nunca é cumprido. 
A incerteza está no fato de não sabermos onde iremos parar: falência ou estrelato. Por isso, nessas fases de crescimento, é necessário criar cenários e simular alternativas. O que acontece se, depois de investir, eu vender menos? E se os clientes não assumirem os preços desse mercado e eu tiver que alterá-los? se eu tiver que gastar mais do que o esperado? E se eu vender mais do que o esperado? Quais são as condições de cobrança/pagamento e como faço para financiar descasamentos de caixa – sim, geralmente há muitos descasamentos de caixa para crescer? Você não pode ir para um plano de crescimento ‘bareback’; você tem que fazer os números muito bem. E sem saber se uma dívida pode ser assumida – e reembolsada – ou o risco de entrar em uma armadilha de liquidez é muito alto. 
Em caso afirmativo, a opção de considerar os sócios incorporados. Ou parceiros financeiros – que procuram um retorno porque consideram que as suas capacidades de crescimento são credíveis e, acima de tudo, rentáveis; Só falarei deste assunto um dia-; ou parceiros industriais também são ótimas opções.

5- Crescer requer a capacidade de comunicar e vender continuamente

Você tem o produto ou serviço (coxo). Ou você tem o time (coxo). Você sabe o que quer como empresa e pode crescer porque o que tem em mãos resolve problemas, você gosta e os clientes pagam por isso. Está tudo muito bem, mas, desculpe se você não sabe como comunicar tudo isso, sua empresa está morta. Eu vejo isso todos os dias, e é muito triste.
Equipes capazes de desenvolver tecnologia e produtos fantásticos; reunir profissionais de topo… mas que não são capazes de motivar, comunicar, simplesmente transmitir o que fazem, que duvidam da sua estratégia e porque fazem o que fazem. Tendemos a negligenciar o pensamento no modo de design. Isso significa pensar nos detalhes, e é transmitir, é integrar, é empatia, é entender seu ambiente e criar pontes com ele.

Palavras finais:


A maioria das soluções já foi inventada nos países mais avançados do mundo e em muitos países emergentes. Soluções que não impactam muito os orçamentos porque muitas visam facilitar o ambiente fiscal e comercial correto. Para uma empresa crescer é a melhor bomba de oxigênio para criar riqueza, emprego e o futuro deste país, não é bobagem.
Publicidade

Deixe um comentário