VIZINHO MATA PEDREIRO, ARRANCA CORAÇÃO DA VÍTIMA E ARREMESSA ÓRGÃO NO MEIO DA RUA (GN – POLÍCIA)

Publicidade

 VIZINHO MATA PEDREIRO, ARRANCA CORAÇÃO DA VÍTIMA E ARREMESSA ÓRGÃO NO MEIO DA RUA (GN - POLÍCIA)

O pedreiro de 46 anos foi morto enquanto trabalhava a golpes de facão/Reprodução



O pedreiro Enilson Clímaco Pereira, de 46 anos, trabalhava na construção de uma casa na companhia de uma outra pessoa, quando Luciano de Souza, de 37, vizinho à obra, apareceu no terreno com um facão em mãos. Ele utilizou a arma para golpear e matar o pedreiro.



Não contente com o homicídio, o agressor arrancou o coração da vítima e arremessou o órgão no meio da rua. O crime aconteceu na tarde de quinta-feira (19), em Artur Nogueira, interior de São Paulo.


Luciano foi detido e ouvido por policiais. Aos agentes, ele confessou o homicídio e disse que o fez porque Enilson teria importunado sexualmente a sua filha de 12 anos. A Polícia Civil ainda investiga a versão dada pelo suspeito, mas, à princípio, não foi encontrada nenhuma evidência da acusação.

“Ele nos confessou o crime e disse que arrancou o coração da vítima, e que jogou em frente à construção. Quando questionado a motivação, ele disse que era porque a vítima teria mexido com uma das filhas dele”, disse um porta-voz da Polícia Militar em entrevista à Record TV.

O pedreiro e o agressor já se conheciam. Inclusive, ele já havia contratado os serviços de Enilson. De acordo com populares, os dois conversavam de maneira pacífica. O agressor tem passagem pela polícia por violência contra à mulher. Ele estava em liberdade há cerca de três meses.

Fonte: Bnews
Publicidade

Deixe um comentário