Como assinar a Carteira de Trabalho Digital

Publicidade

A Carteira de Trabalho (CTPS) é o documento onde os trabalhadores as empresas firmam os vínculos de trabalho. Sua principal função é assegurar que os direitos dos trabalhadores sejam praticados.

A carteira de trabalho no formato digital foi lançada pelo Governo Federal em 2020, durante a pandemia de COVID-19, para facilitar que os trabalhadores pudessem ter acesso aoos serviços da Previdência Social, já que a maioria dos serviços presenciais estavam fechados.

Publicidade

Desde a sua criação, a Carteira de Trabalho Digital já teve mais de 300 milhões de downloads. Nela o governo armazena todas as informações referente aos vínculos empregatícios do passado e os atuais. Além dos direitos dos trabalhadores estarem garantidos.

Fonte: Imagem do Google

Historia da Carteira de Trabalho

A Carteira de Trabalho e Previdência Social foi criada por Getúlio Vargas, no ano de 1932. Inclusive por isso, ele ficou conhecido como o ‘pai dos pobres’. Como a industrialização estava começando no Brasil, a carteira de trabalho foi uma forma de regularizar a forma como as empresas deveriam lidar com seus funcionários. 

Foi a partir disso que direitos como seguro desemprego, FGTS e Previdência Social passaram a valer. Com o passar dos anos, a Carteira de Trabalho vem sendo atualizada e melhorada. Com isso o acesso às informações, pelas empresas e pelos trabalhadores vai sendo menos burocrática.

Antigamente, o trabalhador tinha que carregar o documento impresso quando ele era solicitado. As Agências do Trabalhador viviam lotadas com trabalhadores, com as suas carteiras em mãos. Eles precisavam enfrentar longas filas para solicitar um benefício Além disso, sempre que eram contratados ou dispensados pelas empresas, era necessário levar a carteira para o empregador.

Publicidade

Com a Carteira de Trabalho Digital, tudo isso pode ser feito sem a necessidade de enfrentar filas e perder tempo. Assim, solicitar os direitos e benefícios ficou muito mais prático e rápido, facilitando a vida de empregados e patrões.

 

Carteira de Trabalho Digital – Como fazer a sua

Para obter a sua Carteira de Trabalho Digital, basta acessar o site gov.br e fazer o cadastro no site do Governo Federal. Você vai abrir uma guia sobre a carteira de trabalho digital, e o cadastro será feito com o número do seu CPF. O app irá solicitar que você crie uma senha de acesso.

Quando finalizar o cadastro, basta baixar o app Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android ou iOS. Ou pode fazer o acesso pelo site do governo mesmo, se preferir. Em ambos os casos, o login sempre será o seu CPF e a senha criada no cadastro.

O aplicativo é 100% seguro e constantemente monitorado para garantir a integridade dos dados dos trabalhadores. Portanto podem ficar despreocupados, pois nenhum hacker consegue ter acesso a eles.

Carteira de Trabalho Digital – Como assinar

A Carteira de Trabalho Digital não precisa de assinatura física, com papel e caneta igual ao modo tradicional. O registro dos trabalhadores é feito com os dados pessoais fornecidos pelo trabalhador no momento do cadastro. Por isso, os dados devem  estar sempre atualizados.

Por isso, a Carteira de Trabalho Digital já substitui a carteira impressa. No entanto, de acordo com a  Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, é importante manter as carteiras de trabalho antigas guardadas. Principalmente se houverem registros muito antigos, pois é possível que ainda não estejam no registro eletrônico.

Carteira de Trabalho Digital – Benefícios

Um dos principais benefícios da Carteira de Trabalho Digital é a segurança a longo prazo. Não é difícil encontrar alguém que tenha perdido uma carteira. Assim, fica mais difícil comprovar o tempo de serviço e contribuição na hora de se aposentar, por exemplo.

Com isso, o documento digital resolve problemas como  a perda do documento físico, ou mesmo a deterioração ocasionada com o tempo. Em alguns casos, faltava espaço para as anotações o trabalhador precisava de uma segunda via.

Além disso, é importante lembrar que o aplicativo é integrado com órgãos como o Pis, eSocial e CAGED.Dessa forma é praticamente impossível que fraudes sejam cometidas.

Independente de ser digital ou impressa, o registro na Carteira de Trabalho continua sendo obrigatório, assim  os funcionários têm seus direitos garantidos como seguro desemprego, FGTS e a aposentadoria. Caso o empregador tente burlar esse processo, a empresa é multada.

Publicidade

Deixe um comentário