Dicas de Saúde: Métodos Contraceptivos

Publicidade

 

olá pessoal aqui é Giovana do farmácia é fácil e hoje vamos conversar sobre os métodos contraceptivos os métodos contraceptivos são procedimentos dispositivos ou substâncias que permitem aos casais

 decidir em quando e quantos filhos querem ter não existe um método ideal para todos cada um deve escolher o método mais adequado para se lembrando que sempre é recomendável a orientação e ajuda de um profissional da saúde os métodos contraceptivos podem ser natural comportamental barreira químico mecânico hormonal ou cirúrgico existem alguns métodos que foram e ainda são muito utilizados com a tabelinha que consiste em evitar as relações sexuais no período de ovulação período fértil ele deve ser utilizado com muita cautela pois cada mulher tem um ciclo menstrual específico e o dia da ovulação varia de acordo com o tamanho desse ciclo coito interrompido é a interrupção do coito antes que ocorra a ejaculação dentro da vagina é necessário muito autocontrole do homem para identificar o momento certo da interrupção e ainda existe o risco da emissão de espermatozóides ativos no cm mesmo antes da ejaculação temperatura corporal basal consiste em controlar diariamente a

Publicidade

 temperatura corporal que deve sofrer um aumento um ou dois dias após a ovulação é muito difícil perceber essa alteração além de não levar em conta outros fatores que podem aumentar a temperatura

 corporal método de ovulação de billings é o método baseado na análise do aspecto do muco cervical para prever períodos de maior ou menor fertilidade no período fértil o muco torna-se mais abundante transparente viscoso elástico muito parecido com clara de ovo essa fluidez do muco facilita o deslocamento dos espermatozóides os métodos de barreira criam obstáculos físicos entre o útero eo espermatozóide entre eles estão preservativo masculino ou camisinha é um dispositivo muito fino que deve ser colocado sobre o pênis em ereção antes da penetração na vagina alguns são cobertos por uma substância espermicida que ajudam a inativar os espermatozóides preservativo feminino o camisinha feminina é um dispositivo maior e mais largo que a versão masculina que deve ser introduzido na vagina de oito horas a 15 minutos antes do ato sexual a extremidade fechada fica no fundo da vagina e aberta do lado de fora recobrindo toda a mucosa e entrada da vagina diafragma é um dispositivo flexível que é colocado dentro da vagina para fechar o canal do colo do útero impedindo que os espermatozóides cheguem até ele deve ser inserido até 15 minutos antes da relação e só deve ser

 retirada após oito horas do ato sexual pois é o tempo necessário para garantir que os espermatozóides estejam mortos o capuz cervical é parecido com o diafragma porém de tamanho menor os espécimes

 ida são substâncias em gel creme espuma óvulo ou película que são colocados dentro da vagina antes da relação sexual eles matam ou impedem que os espermatozóides em um ovo não possibilitando uma fecundação é pouco divulgado e utilizado no brasil gil o dispositivo intrauterino é um pequeno dispositivo em forma de t que é colocado no interior da cavidade uterina ele contém cobre que produz uma resposta inflamatória local isso produz um ambiente hostil no útero que impede a movimentação dos espermatozóides evitando a fecundação implantação seu efeito contraceptivo é longo pode durar até dez anos o método hormonal consiste em liberar hormônios que irão impedir a ovulação impedir a passagem dos espermatozóides para tornar o muco cervical mais espesso e diminuir o espessamento do endométrio as pílulas combinadas são medicamentos que possuem dois hormônios similares aos produzidos pelos ovários a progesterona e estrogênio elas devem ser tomadas diariamente conforme orientação da bula e de preferência no mesmo horário são contra indicadas para mulheres fumantes diabéticas hipertensas com excesso de peso ou com qualquer enfermidade que afeta a circulação sanguínea pois o risco de eventos trombolíticos é muito alto por isso somente o médico pode

 prescrever o seu uso mini pílulas são medicamentos que possuem somente um dos hormônios esperou na deve ser tomado sem pausa são preferencialmente indicados para mulheres que se encontra no

 período de amamentação também só deve ser prescritas pelo médico pílula de emergência é o método contraceptivo de exceção para casos de relação não programada ou por falha de outro método como rompimento da camisinha ela possui muitos efeitos colaterais e seu uso habitual pode trazer sérios riscos à saúde precisa ser utilizada no máximo até 72 horas após a relação sexual desprotegida a eficácia tanto maior quanto mais precoce a sua utilização os injetáveis mensais e trimestrais também são medicamentos hormonais porém administrado na forma injetável a grande vantagem é não precisar lembrar diariamente pois após a sua administração os hormônios são liberados gradativamente os mensais com têm doses de progesterona e estrogênio e devem ser aplicados mensalmente já os trimestrais contêm doses apenas de progesterona e devem ser administrados trimestralmente o adesivo anticoncepcional é semelhante à pílula porém sua administração é por via transversa a grande vantagem é que sua troca é feita uma vez por semana os efeitos colaterais e eficácia também são semelhantes às pílulas o anel vaginal é um anel flexível que deve ser colocado na vagina ele contém hormônios que são absorvidos pelos vasos sangüíneos existentes sua eficácia só depende da sua

Publicidade

 presença ele deve permanecer na vagina durante três semanas consecutivas e depois retirado para uma pausa de uma semana implantes subcutâneos é um pequeno bastão de quatro centímetros contém

 hormônios que é inserido embaixo da pele do braço há uma necessidade de uma pequena cirurgia com anestesia local para inserção e remoção do implante que deve ser realizado pelo médio cio o sistema entre alteirinhos também conhecido como dill hormonal é um dispositivo cilíndrico em forma de t que contém um hormônio que é liberado diariamente no útero ele diminui o sangramento causado pela disfunção hormonal e deve ser trocada a cada cinco anos os métodos cirúrgicos são definitivos e indicados para homens e mulheres que já tiveram filhos e não deseja mais engravidar a laqueadura um procedimento cirúrgico que fecha as tubas uterinas da mulher para impedir a descida do óvulo e o encontro do espermatozóide com o mesmo já vasectomia é um procedimento cirúrgico que interrompe o canal que leva os espermatozóides produzidos nos testículos até à saída do canal da urina os dois procedimentos devem ser feitos em hospitais por médicos habilitados por hoje é isso 

Publicidade

Deixe um comentário